POLÊMICA EM SALA DE AULA


Professor gera polêmica ao matar e dissecar coelhos em escola pública

Com dó dos animais, alguns alunos não participaram da aula de biologia.
Docente alega que se baseou no procedimento usado nas universidades.



Uma aula de biologia para turmas do 2º e 3º anos do ensino médio provocou polêmica na Escola Estadual Edmundo Pinheiro de Abreu, no Bairro São Francisco, em Goiânia. O professor Ricardo Marques matou e dissecou dois coelhos dentro da sala para ensinar anatomia. A aula foi fotografada e filmada pelos estudantes, mas nem todos quiseram participar.

Muitos ficaram com dó dos dois animais usados no estudo. “Eu achei que não era do meu interesse e preferi sair. Fiquei com um pouco de dó dos animais”, afirma a estudante Bianca Larissa, de 17 anos. Os alunos que não quiseram participar não vão perder nota nem ganhar falta.

O professor disse que se baseou nos procedimentos adotados por universidades para sacrificar animais usados neste tipo de estudo. “O coelho é bom por causa da altura e formato dos órgãos, que são os mesmos em um mamífero humano. Ele tem praticidade de manuseio”, explicou. O ensino prático para cada turma durou cerca de uma hora e foi realizado na própria sala de aula, já que na unidade não tem laboratório.

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário