Começa hoje o julgamento do caso Eliza

O júri popular, que decide exclusivamente crimes contra a vida, pode ocorrer sem o cadáver da vítima. Segundo a legislação penal e uma jurisprudência (conjunto de decisões) pacífica, isso é possível graças a provas indiretas: indícios e testemunhas.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment