DRAMA DAS ELEIÇÕES EM BOM JESUS DE GOIÁS

Bom Jesus de Goiás vive expectativa de realizar nova eleição municipal

Município é o único do país que não tem sequer prefeito provisório.
Justiça Eleitoral barrou registro dos dois candidatos a governante da cidade.
Moradores de Bom Jesus de Goiás, localizada a 218 quilômetros de Goiânia, vivem a expectativa de terem de ir às urnas novamente. É o único município do país que ainda não tem sequer um governante provisório, segundo dados fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) . Os dois postulantes a prefeito da cidade aguardam decisão da Justiça Eleitoral para saber se a impugnação será mantida. Caso isso aconteça, a cidade deverá realizar nova votação. O mesmo ocorre se o candidato mais votado, que recebeu mais de 50% dos votos válidos, for considerado inelegível.

O juiz eleitoral Tiago Luiz de Deus Costa Bentes indeferiu os pedidos de registro do atual prefeito e candidato à reeleição, Adair Henriques (PSDB), por improbidade. O candidato mais votado, Fernando Luís (PMDB), também teve a candidatura impugnada, em primeira instância, por não ter se descompatibilizado dentro do prazo do cargo que ocupa em uma associação cultural que administra uma rádio local.

Fernando Luís recorreu da decisão no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). Nesta semana, a Procuradoria Regional Eleitoral manifestou-se contrária à pretensão do candidato do PMDB de reverter a sentença do juiz eleitoral. De acordo com a assessoria do TRE, por causa do feriado de Finados, na próxima sexta-feira (2), o processo deve ser votado na próxima semana.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment