Na Tailândia, homem é preso por incentivar clientes a fazerem "tatuagem à prova de balas"



O tatuador Boonyong Luangjumpol foi detido pela polícia de Yanglad depois da descoberta de que ele estava incentivando as pessoas a fazerem suas tatuagens, pois elas tinham poderes mágicos que tornavam os seus desenhos invencíveis.

Esse tipo de tatuagem é conhecido como “Sak Yant” e são comuns na cultura tailandesa devido às suas características místicas, desenhos de mantras budistas e figuras que representam forças sobrenaturais.

Os jovens já estão testando os tais “poderes” das tatuagens, que seriam à prova de balas e facas. Entretanto, segundo a polícia, os tatuados que foram às ruas pedindo para serem feridos, acabaram saindo machucados.

Na casa de Luangjumpol, os agentes encontraram nove armas, 18 espadas, munição, além de pistolas de brinquedo, já que o tatuador aceitava esses itens como forma de pagamento.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment