'Não vi', diz Lula após ser perguntado sobre pena de José Dirceu

Ex-ministro da Casa Civil foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão.
Ele cumprirá pena por corrupção ativa e quadrilha no mensalão.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitou nesta segunda-feira (12) comentar a pena aplicada ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. "Não achei (nada) porque não vi, meu filho. Deixa eu ver", comentou ao ser perguntado por jornalista.

O ex-presidente falou rapidamente com a imprensa em Barueri, na Grande São Paulo, pouco depois das 18h, após participar da abertura das Olimpíadas do Conhecimento. A decisão do STF foi divulgada por volta das 15h20.


O Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu nesta segunda-feira (12) o cálculo da pena do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, apontado pela corte como o "mandante" do esquema do mensalão. A pena de Dirceu somou 10 anos e 10 meses de prisão, mais multa de R$ 676 mil.

Até o final do julgamento, as penas dos réus condenados ainda podem sofrer ajustes para mais ou para menos, de acordo com o papel exercido por cada um no esquema.



As punições que o Supremo definiu para José Dirceu são as seguintes:

Formação de quadrilha: 2 anos e 11 meses de prisão.

Corrupção ativa relativa a pagamento de propina a parlamentares: 7 anos e 11 meses, mais multa de R$ 676 mil, o equivalente a 260 dias-multa no valór de 10 salários mínimos (no valor vigente à época, de R$ 260).

Se ao final do julgamento prevalecer a punição aplicada nesta segunda-feira, superior a oito anos de reclusão, o ex-ministro da Casa Civil terá que cumprir a pena em regime fechado, conforme regra prevista no Código Penal.

Ele foi condenado por formação de quadrilha e corrupção ativa. Segundo o Supremo, Dirceu "ordenou" o esquema de pagamento de propina a parlamentares da base aliada em troca de apoio no Congresso ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conselho para alunos
Ex-aluno do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Lula discursou na 7ª Olimpíada do Conhecimento. Durante sua fala, o ex-presidente não fez referências ao julgamento ou a temas da política nacional.

"Ser presidente é uma medalha muito mais difícil, porque de 190 milhões só um pode ser. Se esse baixinho aqui pode chegar por que vocês não podem? Vocês podem ser o que vocês quiserem. Basta que vocês não desistam", disse o ex-presidente aos alunos.

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment