Britânico abusa de bebê de 15 meses, mata menina e pega 33 anos de prisão

Bebê morreu um dia após chegar a hospital

Criança tinha sete costelas quebradas
Com uma criança em seus braços, Barry McCarney aparece no circuito interno de TV do hospital tentando ressuscitar a pequena Mile Martin, de apenas 15 meses, filha de sua namorada.

Apesar de comovente, a imagem gravada em um hospital de Enniskillen, na Irlanda do Norte, esconde a gravidade dos fatos: McCarney não é o padrasto amoroso que está tentando trazer a bebê de volta à vida. Ele é o monstro que abusava sexualmente da pequena Mile Martin, causando danos suficientes para leva-la à morte.

O crime ocorreu em dezembro de 2009, mas o veredicto do caso foi anunciado na última segunda-feira (3). Um juiz da corte de Dungannon condenou McCarney a 33 anos de prisão por um crime classificado como “incompreensível”.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment