Detran suspende processos de emissão de CNH após fraude, em GO

Uma fraude na emissão de carteiras de motorista fez com que o Detran de Goiás suspendesse mais de 1.200 processos. A portaria do órgão foi publicada no diário Oficial do Estado na sexta-feira (30) e mostra os cancelamentos.


As fraudes envolvem basicamente a falsificação de comprovantes de endereço. De acordo com o Detran, candidatos de Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Distrito Federal e Mato Grosso abriam o proceso em Goiás para facilitar a aprovação e tirar a carteira de motorista.

Para tirar o documento em Goiás o candidato gasta entre R$ 1 mil e R$ 1,2 mil, mas a fiscalização do Detran apurou que em alguns casos nessas fraudes, o candidato paga de R$ 3 mil a R$ 5 mil para ter a carteira.

“Eles pagaram sem receber a contrapartida que eram as aulas, sem receber o exame médico e psicológico, quer dizer, é uma fraude gravíssima que acaba comprometendo todo processo. Ou seja, vai chegar um candidato sem o preparo devido para enfrentar o trânsito no dia a dia”, esclarece Diretor de Operações do Detran Sebastião Vaz.

Os candidatos que tiveram as carteiras canceladas terão de reiniciar o processo.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment