Sul-africanos rezam pela saúde do ex-presidente Nelson Mandela



O clima entre os sul-africanos neste domingo (9) foi de preocupação com o estado de saúde do ex-presidente Nelson Mandela, de 94 anos. O líder está internado desde sábado no Hospital Militar de Pretória para exames médicos, e o governo informou que a condição dele é “confortável”. Naquele dia, o presidente Jacob Zuma esteve no hospital e seu gabinete disse que não havia motivo para alarme.
Neste domingo, milhares rezaram pela melhora de Madiba – como é carinhosamente chamado no país. No distrito de Soweto, em Joanesburgo, simpatizantes foram à Igreja Regina Mundi, que foi um centro dos protestos contra o regime racista do apartheid, abolido na década de 1990.


“Estamos realmente preocupados porque ele é uma grande pessoa”, admitiu a frequentadora Shainet Mnkomo, que rezou pelo líder na missa da manhã. “Ele fez tantas coisas pelo país, é uma das pessoas que mais lembramos”, completou Mnkomo.
O próprio Nelson Mandela é considerado um dos maiores heróis da luta dos negros pela igualdade de direitos no país. Mandela ficou preso por 27 anos e, depois de liberado, ganhou Prêmio Nobel da Paz em 1993.
Em 1994, o país realizou suas primeiras eleições multirraciais, e Mandela foi eleito. Em 1999, não se candidatou à reeleição e se aposentou da carreira política. Desde então, ele passou boa parte de seu tempo em sua casa em Qunu, o vilarejo em que passou a infância, na província pobre do Cabo Leste.


Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment