Marilyn Manson processa mulher que alega ser sua noiva



Como se já não bastassem todas as bizarrices que envolvem Marilyn Manson, parece que o roqueiro achou alguém tão esquisito quanto ele para o perseguir. Segundo o site Hollywood Reporter, o cantor estaria processando Seraphim Ward (seu nome verdadeiro é Yolanda Tharpe) porque que a mulher espalhou que estaria noiva dele.

Quando a história de que estava comprometido chegou aos ouvidos do músico, Manson exigiu, através de seu advogado, uma retratação pública, já que ele nem mesmo conheceria a suposta amada. Seraphim, então, chamou-o de nazista, alegando que a história só foi desmentida porque o artista não gostaria de ser visto com "mulheres [afro-americanas] como ela." Além disso, a atriz de filmes independentes ainda o acusa pela morte de dois de seus gatos.

Com toda essa confusão, o ex de Dita Von Teese está pedindo uma indenização de US$ 50 mil referente a cinco casos de difamação, apropriação indevida de direito de publicidade, uso ilegal de seu nome para vantagens comerciais e imposição intencional e negligente de perturbação emocional.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário