"Eu era uma criança muito sexual", revela Cleo Pires

Definindo-se como "mais sexy que bonita", Cleo Pires não tem vergonha de abrir o jogo quando o assunto é sexo. Capa da revista "GQ", a atriz afirma ter uma sexualidade aflorada desde a juventude.

"Eu era uma criança muito sexual. Namorava todos os filhos das babás, das cozinheiras. A babá que ficou mais tempo comigo foi a Teia. Ela me levava para a Pavuna e eu namorava o filho dela, o Bruno. Depois um amigo do Bruno. Tinha também o caseiro, Zezinho, por quem eu era apaixonada", relembrou.

Recém-separada do publicitário João Vicente de Castro, a global ainda não engatou nenhum romance, mas aproveitou para descrever qual seu tipo ideal de homem. "Amo tatuados. Tipo aquela do cara que bebeu e acabou se tatuando. Ou aqueles desenhos de presidiário russo, sabe?"

Cleo avisa que não descarta os que estão fora de forma, não se importando com peitos cabeludos e gordurinhas. "Mas também não pode ser um barrigão, né? Uma barriguinha."
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário