Sócio da boate Kiss receberá alta de hospital nesta terça, diz médico

Internado sob custódia policial em um hospital de Cruz Alta desde o dia 27 de janeiro, Elissandro Spohr, um dos proprietários da boate Kiss, terá alta hospitalar na tarde de terça-feira (5).

A informação foi confirmada pelo médico Paulo Viecili, que cuida do paciente. O empresário está com a prisão temporária decretada pela Justiça. A tragédia em Santa Maria matou 237 pessoas.

Assim que receber alta, Kiko terá de se apresentar à delegacia de Cruz Alta. Segundo a delegada Lylian Carús, um esquema de segurança será montado para a transferência dele até Santa Maria.

"Ele está à disposição da Polícia Civil de Santa Maria e será encaminhado para lá assim que deixar o hospital", afirmou a delegada.

Durante toda esta segunda-feira (4), o movimento no hospital foi intenso de jornalistas e dos policiais que monitoram o quarto. Em vários momentos, Elissandro chegou a ir até a janela para observar a movimentação.

Segundo o médico que trata do sócio da Kiss, seu quadro evoluiu positivamente. "Ele vem conversando diariamente com um psicólogo e passando por avaliações psiquiátricas. Está mais estável psiquiatricamente falando. Ele terá alta na terça-feira, a partir das 16h", disse o médico Paulo Viecili .

Segundo o Viecili, o empresário vem tomando quatro remédios diariamente para a depressão. "Quando ele se deu conta de que havia perdido amigos de infância na tragédia, o quadro dele inspirou cuidados. Ficou muito deprimido. Ele conhecia muita gente que morreu. O pior período foi este, mas, graças ao aumento da carga medicamentosa, está melhor agora", disse o médico.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário