Capriles diz que não 'entregará' Venezuela

Caracas - Henrique Capriles, candidato à presidência da Venezuela, garantiu neste domingo que se vencer as eleições do dia 14 de abril, não 'entregará' o país seja aos Estados Unidos, seja a Cuba.

Vamos deixar de entregar o dinheiro dos senhores a outros países. Porque nós não vamos entregar este país nem aos 'ianques' nem ao governo cubano', disse Capriles, em comício no estado de Yaracuy, no oeste da Venezuela.

O advogado, de 40 anos, garantiu que 'chegou o momento de haver um governo que realmente seja nacionalista'. Capriles afirmou que o país precisa que os recursos do país precisam ser investidos no próprio país.

O candidato oposicionista ainda atacou seu principal oponente, Nicolás Maduro. 'Nicolás conhece melhor Moscou que São Felipe (capital de Yaracuy), e agora diz que vai a solucionar seus problemas, após anos percorrendo o mundo e entregando nossos recursos. Mentira!', bradou Capriles.

Os venezuelanos participarão de novas eleições presidenciais no dia 14 de abril, para ocupar o lugar de Hugo Chávez, morto no dia 5 deste mês, após 20 meses de luta contra o câncer. Maduro e Capriles são os dois principais concorrentes dos sete candidatos. EFE

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário