Eleições presidenciais na Venezuela vão ser realizadas no dia 14 de abril

As eleições presidenciais na Venezuela serão realizadas no dia 14 de abril, decidiu neste sábado (9) o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela.

Após uma extensa reunião, o conselho aprovou o cronograma que regirá a campanha eleitoral após a morte do chefe de Estado, Hugo Chávez, na passada terça-feira (5).

A inscrição das candidaturas para as eleições presidenciais começa neste domingo e se encerra na segunda-feira (11).

Pelo cronograma eleitoral aprovado, a campanha eleitoral começará no dia 2 de abril e será permitida até o dia 12.

A presidente do CNE, Tibisay Lucena, informou que os prazos foram reduzidos, mas que todos os passos para garantir um processo transparente foram tomados em conta.

Tibisay pediu às Forças Armadas lembrar da sua responsabilidade no processo e obrigação de fazer cumprir a constituição nacional.
               

O vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que deverá ser o candidato do governo,assumiu a presidência interina da Venezuela na noite desta sexta-feira (8). A interinidade foi questionada pelas forças opositoras, que consideram que o Maduro não pode ser presidente interino e candidato eleitoral de forma simultânea.

O líder opositor Henrique Capriles Radonski é o mais provável rival de Maduro, depois de ter perdido para Chávez as eleições de outubro de 2012. Apesar da derrota, Capriles obteve um recorde de votos para a oposição.

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário