Empresário começa a correr, muda os hábitos alimentares e perde 41 kg

Alagoano ganhou peso em seu casamento e atingiu os 120 kg.Com problema para dormir e respirar, ele decidiu mudar e chegou aos 79 kg.


O empresário Bruno Césare Savastano Voss esperou o excesso de peso começar a refletir no seu dia a dia para tomar uma atitude. “Cheguei a um ponto em que estava me sentindo mal para dormir e até para respirar”, conta o alagoano de 31 anos, que atualmente mora em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Na época, com 29 anos e 120 kg, ele lembra que tinha dificuldades para amarrar o tênis por causa do tamanho da barriga. “Depois daquilo, decidi que não podia mais ganhar peso”, recorda. O alerta veio logo após o término do casamento de 4 anos, quando Bruno voltou a morar com os pais. “Acho que relaxei depois de casar e isso contribuiu para eu engordar, mas quando me separei, resolvi colocar a cabeça no lugar”, diz.

Para começar, o empresário fez grandes mudanças em seus hábitos alimentares – o jantar, que antes era uma pizza inteira, foi substituído por alimentos mais saudáveis. “Bebia muito refrigerante e comia muito doce também, mas nos primeiros 3 meses, cortei tudo isso”, lembra. Além disso, Bruno abandonou também carne vermelha, massas e bebidas alcoólicas. “O começo foi muito difícil, mas o corpo acostumou com o tempo”, avalia. Para evitar o contato com as tentações, ele lembra que preferia sempre ficar em casa e dormir mais cedo. “Com essas mudanças, já havia perdido 20 kg”, lembra.

Junto à nova dieta, ele começou também a caminhar e logo se sentiu preparado para arriscar a corrida. “Nunca tinha corrido, então não sabia se conseguiria, mas ajudou bastante no emagrecimento. Corria todos os dias, de segunda a segunda, cerca de 1 hora”, lembra. Bruno conta que chegou a perder até mais do que os 41 kg, mas preferiu engordar um pouco por que tinha ficado com a aparência “estranha”. “Em 2012, comecei também a fazer musculação e foi bom para fortalecer”, avalia.

O empresário avalia todos os benefícios que sua mudança trouxe e conta que, depois de emagrecer, foi se consultar com um médico que disse que ele estava muito bem de saúde. “Melhora tudo. A disposição, o sono e até consigo me movimentar melhor”, analisa. Bruno teve que se mudar para Porto Alegre para estudar e trabalhar, mas diz que continuou firme e forte em sua rotina de dieta e exercícios. “Em Maceió, tinha a orla da praia para correr e era mais fácil, mas continuo correndo aqui de 3 a 4 vezes por semana para manter meu peso”, conta.

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário