Ex-mulher e irmão de Chorão se desentendem na liberação do corpo do cantor

A liberação do corpo de Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr., foi marcada por um desentendimento entre Graziela Gonçalves, ex-mulher, e Ricardo Magno, irmão do cantor. A discussão aconteceu no IML de São Paulo, no início da tarde desta quarta, dia 6.

No horário da confusão, Ricardo havia acabado de chegar acompanhado de Alexandre, filho do músico. Os dois traziam as roupas que serão usadas na preparação do corpo para o enterro, que deve acontecer em Santos. Houve um princípio de bate-boca entre os familiares. Após alguns xingamentos de ambas as partes, os dois foram rapidamente retirados do mesmo ambiente.

Investigação

A Polícia Civil de São Paulo continua investigando o caso e já descarta que Chorão tenha sido vítima de um crime. "Aparentemente não foi homicídio. O IML é que vai dar a causa da morte. Ou foi por uso de medicamento ou outra substância", disse o delegado Itagiba Vieira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Nas fotos tiradas no apartamento, além de várias garrafas de bebidas alcoólicas e latas de energético, foi encontrado vestígios de um pó branco. Segundo informações do portal R7, Alexandre Avilez, investigador do Denarc (Departamento de Investigações Sobre Narcóticos), realizou um teste rápido na substância e confirmou que tratava-se de cocaína. No entanto, a análise oficial ainda deve ser realizada em laboratório.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário