Filha sofre bullying e Charlie Sheen pede para fãs atacarem escola



Assim que criou seu perfil no Twitter, Charlie Sheen ganhou instantaneamente milhares de seguidores. Hoje, mais de 9 milhões de fãs estão atentos a tudo que o astro posta na rede social e foi usando essa multidão que o ator parece ter se envolvido em mais uma polêmica. O ex-protagonista de "Two and a Half Men" pediu que seus admiradores atacassem a escola escola Viewpoint, em que sua filha, Sam, de 9 anos, estudou.

Tudo porque a menina teria sofrido bullying e a direção teria ignorado a reclamação da garotinha, dizendo que ela estava mentindo. Na postagem, Sheen pede que as pessoas peguem ovos podres, um rolo de papel higiênico e fezes de cachorro para bombardear o lugar. Segundo ele, a direção da escola não tomou nenhuma atitude a respeito das humilhações sofridas pela menina. "Me orgulhem. Não vamos tolerar este tipo de preconceito", incita.

Como não poderia deixar de ser, a administração do colégio temou pelas ameaças e se pronunciou dizendo que tal atitude pode colocar a segurança de funcionários e alunos em risco. O comunicado oficial da instituição ainda acrescenta que usar a internet para resolver o problema com violência é algo perigoso.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário