GIRO DE NOTÍCIAS


'Ele tinha mania de perseguição', diz delegado que apura morte de Chorão


O delegado Itagiba Vieira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse na tarde desta quarta-feira (6) que a morte de Chorão não tem indício de suicídio. Segundo testemunhas ouvidas pela polícia, o vocalista estava com "mania de perseguição" e havia passado por quatro hotéis em cerca de uma semana.
“O Victor (segurança) falou que ele tinha mania de perseguição. Achava que estava sendo filmado e quebrava tudo”, comentou o delegado. "Ele passou por quatro hotéis em mais ou menos uma semana", disse. O motivo da alternância de hotéis eram os desentendimentos com funcionários.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário