Prefeito, vice e 2 vereadores são afastados pela Justiça, em GO

A Justiça determinou na sexta feira (8) o afastamento imediato do prefeito de Goiatuba, na região sul de Goiás, Reinaldo Cândido (PSDB), por participação em um processo de compra de votos nas eleições municipais do ano passado. Além dele, também são acusados de praticar a ação o vice-prefeito Ronaldo Salatiel (PSDB) e os vereadores Jubes Carlos de Oliveira (PSDB) e Genusvaldo Galdino de Araújo (PSD).

Na sentença, assinada pelo juiz Marcos Vinícius Alves de Oliveira, da 38ª Zona Eleitoral de Goiás, os quatro envolvidos e mais o ex-vereador Sieber Buzaim também são acusados de abuso de poder e gastos não declarados na prestação de contas.

As provas que comprovariam as irregularidades estão anexadas ao processo. Uma delas é uma lista com o nome de eleitores, o número de votos que a família de cada um proporcionaria e o valor do negócio.

A decisão vai ser publicada no Diário Oficial na próxima segunda-feira (11) e cabe recurso. Se a sentença for mantida, os envolvidos além de serem afastados do cargo, podem pagar multa de até R$ 53 mil e ficar inelegíveis por oito anos.

Após a publicação oficial da sentença, o presidente da Câmara Municipal, Noroel Buzaim, assumirá a prefeitura e dará posse aos suplentes de vereador. "Até agora a gente não foi intimado judicialmente, mas no máximo até segunda (11) ou terça-feira (12) a gente deve ter que cumprir a decisão da Justiça", disse Noroel.

Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário