ANAMARA ''MAROQUINHA''


Na primeira vez que Anamara fotografou para o Paparazzo, logo após deixar o “BBB 10”, posar de forma sensual era novidade para ela. Ex-policial, seu mundo era o oposto do que estava por vir. Três anos e muitos ensaios sensuais depois, a baiana chegou ao sítio Lajedo, em Vargem Grande, no Rio, prontinha para posar (...)

Anamara revela affair com famoso: 'Me apaixonei perdidamente'


“E que minha loucura seja perdoada. Porque metade de mim é amor... E a outra também”, diz a letra da música “Metade”, de Oswaldo Montenegro, que Anamara tem tatuada no corpo. Mas apesar de parecer, a ex-BBB não é tão louca assim.

O contrário: Anamara se diz uma mulher apaixonada, que se entrega fácil. Não faz sexo pelo sexo, tem que ter sentimento. Recentemente caiu de amores por um homem famoso, cuja identidade não revela nem sob tortura. Mas faz questão de dizer que não é nenhum dos supostos namorados apontados pela imprensa.

“Não fiquei com Zezé Di Camargo nem com Pedro Bial nem com Neymar ou Caio Castro. Ninguém sonha saber quem é”, diz, fazendo mistério e dando apenas uma dica: não é jogador de futebol.

“A gente ficou por três meses. Não quis tornar público porque não quero ficar conhecida como a malandra que quis aparecer. Quero ser conhecida pelo que sou, pela minha participação no ‘BBB’. Sou muito querida, tenho o carinho do público por mim, que é eterno”, diz Anamara, tentando escapar um pouco do assunto.Mas a gente insiste: então quem terminou este relacionamento, ela ou o parceiro misterioso? “Quando vi que estava começando a viver em função da pessoa, perdidamente apaixonada, e esta entrega estava prejudicando meus objetivos, meu trabalho, eu saí fora. A outra pessoa queria só curtir”, afirma, decidida.

Ápice aos 30
Anamara prefere deixar as insanidades para viver com os parceiros certos. Como a vez em que transou no banco de trás de uma van em movimento com outras pessoas dentro. “Acho que ninguém percebeu” (risos). Ou quando deu uma escapadinha no banheiro de uma festa. “Gosto de fazer em lugares inusitados. O fato de poder ser pego deixa a situação mais quente”, diz a baiana.

Aos 29 anos, Anamara se considera bem resolvida sexualmente. Chega ao orgasmo em todas as transas, sabe como dar prazer ao parceiro – “dou beijinhos em lugares que eles nem imaginam que podiam gostar” – e aguarda ansiosa a chegada dos 30. "Dizem que é o ápice da sexualidade da mulher. Quero ver como é. Com o passar dos anos, me sinto cada vez melhor, mais solta”.

Divertida, desinibida e desbocada, Anamara assume que curte fazer sexo oral no homem e que adora gritar e falar palavras excitantes na hora H. Sua única restrição na cama é mesmo o sexo anal. “Está fora de cogitação. Não sei qual é a graça que o homem vê nisso”, analisa.
FONTE EGO
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário