Mulher é presa suspeita de tráfico e refino de drogas em Itumbiara


Na casa dela foram apreendidos 8 kg de maconha e tabletes de crack.
Suspeita refinava e revendia os entorpecentes para traficantes, diz polícia.


Uma mulher de 38 anos foi presa na noite de quinta-feira (8) suspeita de manter um laboratório de drogas em Itumbiara, no sul de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, ela comprava os entorpecentes em outros estados e, após refiná-los, revendia para traficantes da região.
Na casa da suspeita, localizada no Bairro Dona Sinica, foram apreendidos oito tijolos de maconha (cerca de oito quilos), tabletes de crack e materiais usados para a preparação da droga, como ácido bórico, éter, bicarbonato de sódio e embalagens. Também foram encontradas balanças digitais e rolos de fitas adesivas.
“Todo esse arsenal comprova que a mulher refinava e fabricava as drogas no local”, explicou o delegado regional da Polícia Civil em Itumbiara, Ricardo Torres Chueire. Segundo ele, a suspeita agia sozinha e revendia os entorpecentes apenas para traficantes.
Ainda segundo o delegado, a mulher era investigada há cerca de duas semanas. Na quinta-feira, os agentes do Grupo Especial de Repressão à Narcóticos (Genarc) receberam uma denúncia sobre uma entrega de drogas provenientes da cidade de Ituiutaba, em Minas Gerais. “Montamos campana e flagramos o recebimento dos entorpecentes. Infelizmente a pessoa que entregou conseguiu fugir”, disse ao G1.

Ela foi presa e autuada por tráfico e posse de insumos para fabricação de drogas. Cada crime tem, cada um, pena que vai de cinco a 15 anos de reclusão.

A suspeita foi encaminhada ao Presídio Regional de Itumbiara, no distrito de Sarandi, onde permanecerá à disposição da Justiça.

FONTE G1/GOIÁS


Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário