Número de homicídios registra alta de 70% no mês de julho em Goiânia


Quase duas pessoas foram assassinadas por dia  no mês de julho em Goiânia, segundo dados da Gerência de Análise de Informação da Secretaria de Segurança Pública. No total, foram 58 homicídios – uma alta de 70% na comparação com o mês junho, quando foram registrados 34 casos. De acordo com a Polícia Militar, o patrulhamento nas áreas mais críticas será reforçado.

A região sudoeste da capital lidera o ranking, com 22% das mortes de julho. Em seguida aparece o setor noroeste, com 18%. Depois estão as regiões oeste (16%), leste (15%), norte e sul (10%).
Os dados reforçam a sensação de insegurança em Goiânia. De janeiro a junho deste ano, em todas as regiões da cidade, 322 pessoas foram mortas.

O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, informou nesta quarta-feira (5) que o combate à violência é direcionado aos locais com maior número de ocorrências. “Vamos pegar as viaturas que atuam nas áreas com menor criminalidade e realocá-las para onde ocorrem mais mortes. Quando identificamos que os homicídios têm relação com o tráfico de drogas, vamos em busca de acabar com o esquema desde a raíz”, explicou o secretário.
Com medo, muitos moradores se viram obrigados a procurar meios de garantir a segurança. O comerciante Valdivino Oliveira, que tem uma loja há 40 anos no centro, contratou um serviço de monitoramento. “Procuramos todas as formas para não sermos vítimas fáceis”, disse.

FONTE G1/GO


TEMOS O APOIO DE:


Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário