Processo: Sabrina Boing Boing quer R$ 500 mil do "CQC" por piada com prostituição


Sentindo-se lesado por uma piada de mau gosto do programa "CQC", Sabrina Boing Boing e as integrantes do extinto grupo Sexy Dolls estão pedindo R$ 500 mil de indenização para a Band.

O processo corre desde 2009, quando Marcelo Tas, líder da bancada do programa, disse ao vivo que as três se prostituíam e faziam filmes pornô.

A decisão em primeira instância condenou a emissora a pagar R$ 100 mil para as moças. Insatisfeitas, Boing Boing, Júlia Paes e Carol Miranda querem agora cinco vezes mais. "Estamos entrando com recurso para aumentar o valor, porque o dano que isso causou para a vida delas foi muito grande", disse o advogado das três.

Procurada para se posicionar, a Band disse que não comenta questões jurídicas.




Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário