IPI reduzido aumenta vendas de linha branca



A redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre eletrodomésticos da chamada linha branca, anunciada na última sexta-feira, teve impacto imediato sobre as vendas, segundo as redes de varejo. Algumas cadeias de lojas, que já adotaram as novas tabelas de preços, registraram um aumento de 20% a 30% nas vendas.

Vários consumidores aproveitaram o fim de semana prolongado para pesquisar preços ou fazer negócio, como Katrine Muriel Branco Conte, 21 anos, desempregada, que ontem foi com a mãe comprar uma geladeira. “Quando vi que ia ocorrer essa redução nos preços de eletrodomésticos, resolvemos que iríamos comprar”, diz ela, que levou um refrigerador Electrolux, ao preço de R$ 1.989, em 12 parcelas.

Na rede de supermercados Big, do grupo Wal-Mart, as vendas cresceram 22% no último fim de semana, com destaque para os fogões. O Pão de Açúcar informou que o movimento aumentou 20% e na rede Multiloja a alta chegou a 30%, segundo Evaldir Silveira, gerente da loja da Marechal Deodoro.

O aumento do movimento de consumidores nas lojas já fez algumas redes revisarem para cima a projeção de crescimento para o Dia das Mães. O grupo Condor aumentou de 8% para 20% sua estimativa de aumento de vendas para a data, considerada a segunda melhor do ano para o comércio. “Uma medida como essa impulsiona o consumidor a trocar o eletrodoméstico velho pelo novo e antecipar compras”, diz Joanir Zonta, presidente da rede.

Como o corte do IPI é válido também para os estoques, a maior parte das lojas já fez alterações nas tabelas de preços, que caíram entre 5% e 10%. No Big, um refrigerador de 239 litros com uma porta, que era vendido a R$ 748, ontem estava custando R$ 668. Uma lavadora Electrolux de 12 quilos teve o preço reduzido de R$ 1.368 para R$ 1.228 e um fogão Consul quatro bocas, de R$ 398 para R$ 378.

Mas nem todos os consumidores estão satisfeitos com a medida. “Os preços não caíram tanto assim. Vou casar no final do ano e vou esperar mais um tempo”, diz Alessandro Marques de Oliveira, 28 anos, supervisor de logística, que ontem procurava pelas ofertas em uma loja no centro de Curitiba.

No embalo da redução dos preços, algumas redes também melhoraram as condições de pagamento, com prazos maiores e juros menores. A rede de lojas MM Mercado Móveis cortou em um ponto porcentual a taxa de juros, para 3,99% ao mês. “O que representa uma redução de até 5% no custo do produto, além da diminuição do IPI”, diz Márcio Pauliki, superintendente da rede.

As lojas MM e a rede de supermercados Muffato já aumentaram em 30% o volume de pedidos para a indústria por conta da redução. Para o diretor do grupo Muffato, Everton Muffato, a expectativa é de um aumento de 40% a 50% nas vendas de linha branca nos próximos 90 dias.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário