Joesley Batista, dono da JBS, foi envenenado, segundo laudo da polícia?



Circula no Facebook e no WhatsApp a notícia de que um laudo da polícia concluiu que o empresário Joesley Batista, sócio da J&F e autor da delação que gerou a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer, foi envenenado. Não é verdade.
A assessoria do empresário informa que o motivo de internação de Joesley foi uma dor no nervo ciático. Ele foi internado na terça-feira (27) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.
O hospital confirma a internação do empresário, mas não divulga boletins médicos a pedido do paciente.
A situação dele, no entanto, não é grave, como informa o texto que circula na web.
A falsa notícia, refutada na íntegra pela assessoria de Joesley, diz que "a perícia feita pela Polícia Científica aponta envenenamento por chumbinho". O texto informa ainda que "restam ser concluídas as perícias das imagens do circuito de segurança do restaurante onde Joesley fez sua última refeição".
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário