Mãe deixa duas crianças dentro de carro por 15 horas para curtir festa com amigos

Crianças não sobreviveram após ficarem dentro do veículo debaixo de 33 graus em um dia ensolarado nos Estados Unidos.



Um crime bárbaro foi registrado nos Estados Unidos contra duas crianças indefesas. Quem cometeu o crime foi a própria mãe das pequenas que por negligência, acabou deixando as filhas trancadas em um carro durante várias horas, e mesmo depois de ter encontrado as meninas inconscientes, a mulher só levou as crianças algumas horas depois que tudo aconteceu para o hospital.
Uma mãe adolescente deixou as suas duas filhas para morrer em um carro quente enquanto ela fazia uma festa com seus amigos. Amanda Hawkins, 19 anos, deixou as crianças Addyson, e Brynn, dentro do carro dela por 15 horas sem comida ou água. Ignorando os gritos dos pequenos por ajuda, a mulher passou a noite na casa de um amigo no condado de Kerr, no Texas. Quando alguém na casa em que a festa acontecia sugeriu que ela os trouxesse para dentro, a mulher se recusou a fazê-lo.
Amanda só se deu conta dos seus filhos no outro dia, após ela curtir mais de 15 horas sem se preocupar com os pequenos. Quando ela voltou para o carro para recuperar seus filhos na tarde seguinte, eles caíram inconscientemente em 33 graus de calor. Essa era a temperatura exterior, no carro, os índices podem ter sido bem maiores, uma vez que o ar dentro do veículo funciona como uma ilha de calor, após receber energia solar absorvida pelo carro, o interior do veículo fica muito mais quente que a temperatura ambiente. Para piorar a situação, a mãe não levou as crianças imediatamente ao hospital após encontrar as duas inconscientes no veículo. Amanda ainda foi em casa, trocou os filhos de roupa e deu banho nas crianças que foram encontradas desacordadas, imaginando que elas estariam dormindo. Isso tudo foi feito para que a jovem mãe forjasse uma história surpreendente quando chegou ao centro médico sobre o que aconteceu com as suas filhas.
A mulher disse que as duas haviam cheirado uma flor em um jardim e por isso estavam desmaiadas. Desconfiando da história da mãe negligente, o médico que atendeu as crianças logo percebeu que havia alguma coisa de errado naquilo que a jovem dizia. As crianças chegaram com vida ao local mas acabou não resistindo e faleceram horas depois. O xerife responsável pelo caso, Hierholzer, disse que esse é o pior caso que ele já viu contra crianças em 37 anos que ele trabalha protegendo a vida das pessoas. Amanda não tinha histórico com a polícia, mas informações averiguadas pelas autoridades verificaram que não é a primeira vez que ela deixou suas filhas dentro do veículo.
Share on Google Plus

About

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário